002 - clandestinos, com calí boreaz

Conversa com a poeta calí boreaz sobre os sentidos da poética, clandestinidade, exílio e pertencimento.

Por
Caio Lima

E aí, pessoal, tudo bem?

Ainda em clima de Flip 2019, conversei com a poeta, tradutora, atriz e fantástica calí boreaz!

A conversa gira em torno dos sentidos da sua poética, com o excelente "Outono Azul a Sul", seu primeiro livro recém-lançado pela Editora Urutau. Tentei captar os pontos principais que percebi, então giramos o assunto pelos sentidos de clandestinidade, performance, exílio, medo, vontade e outros.

calí também fala sobre seu conto "islandeses", que saiu na coletânea "Identidades", lançada pela Amazon na Flip 2019; e sobre sua participação no projeto em parceria com o Ocupa Beauvoir e Podcast Rabiscos, numa carta para Nilce de Souza Magalhães.

É fácil encontrar o podcast Rede de Intrigas nas principais plataformas de streaming e agregadores de podcasts, mas você já pode conferir o programa aqui:

Acessem www.caliboreaz.com para a experiência completa que é a poesia da calí; no site também tem link direto para o livro e o conto, além de outros editoriais com a participação da poeta.

Até a próxima!